Xadrez vichy: saiba tudo sobre essa tendência!

Se você é uma pessoa que está sempre de olho nas últimas tendências, com certeza já reparou que o xadrez vichy vem fazendo sucesso na moda.

Caso não tenha ligado o nome à estampa, esse é aquele xadrez quadradinho, com as linhas e os espaços bem marcados, muito usado em toalhas de piquenique. Geralmente ele é visto em preto ou vermelho, mas também pode ser encontrado em outras cores.

Agora que você já se localizou, fique atenta em cada linha deste post para saber tudo sobre essa tendência e arrasar com muito estilo e informação de moda.

A história do xadrez vichy

Os primeiros relatos do xadrez vichy datam do início do século passado, por volta dos anos 30. Era muito usado nos visuais femininos, especialmente nas saias rodadas e com babados. Por isso ele ganhou fama de ser uma estampa romântica.

No entanto, foi entre as décadas de 50 e 60 que essa padronagem realmente fez sucesso. A ‘culpada’ por essa fama foi a atriz francesa Brigitte Bardot. Ousada e à frente do seu tempo, Brigitte não só apresentou a estampa no cinema, com o filme “E Deus Criou a Mulher” (1956), como casou usando um vestido totalmente estampado com o xadrez vichy. Dá para acreditar?

De lá para cá, ele veio se tornando uma estampa quase clássica, mas que tem seus altos e baixos na moda. No entanto, agora está ganhando forças novamente, em possibilidades variadas nos looks de todas as mulheres.

Os estilos que combinam com a estampa

Se tudo começou em saias rodadas e visual romântico, é claro que o xadrez vichy ainda combina muito com quem curte esse estilo, ainda mais com o retorno dos babados à moda. Das barras de saias até os decotes de blusas ombro a ombro, essa é uma dupla de sucesso na temporada.

No entanto, em 2018, a padronagem também está muito associada a looks modernos, com modelagens diversas, da saia midi ao vestido tubinho, sem falar nas camisas e acessórios — incluindo os sapatos.

E para as mulheres clássicas, que querem estar elegantes e se vestir bem inclusive no ambiente de trabalho, essa é uma estampa perfeita para fazer parte do armário, assim como os poás, as listras e o floral.

Por isso, independentemente do seu estilo, pode ter certeza de que existe uma peça no xadrez vichy para chamar de sua.

As melhores opções dessa estampa para valorizar o corpo

Democrático, o xadrez de Brigitte Bardot pode vestir bem qualquer tipo de corpo. O segredo é observar o tamanho das listras e quadradinhos, as cores e a região que você deseja ou não destacar.

As versões mais clássicas da estampa são formadas por quadrados bem pequenos e delicados, que não costumam conferir muito volume ao corpo se comparadas às opções maiores, com os quadrados ampliados.

Por isso, se você deseja atrair a atenção para uma parte específica do seu corpo, dê preferência ao vichy com a padronagem maior nessa área. Do contrário, os modelos tradicionais são mais recomendados, inclusive em calças, saias ou blusas.

As formas de combinar o xadrez vichy

Combinar o xadrez vichy é fácil. Você pode misturar a peça desejada com outra parte de cima ou de baixo lisa, na mesma cor da estampa ou em um tom neutro. Ela também combina com acessórios diferentes, como brincos grandes de pedras ou bolsas coloridas.

Outra opção é misturar estampa com estampa. Aqui, vale começar pelos princípios básicos do mix de estampas, combinando o xadrez vichy com listras, florais ou outros tipos de xadrez, por exemplo. Ele também harmoniza com estampas localizadas, como as camisetas de banda ou com frases.

Por outro lado, não tenha medo de misturar duas peças diferentes — inclusive em proporções ou cores dos quadrados — com a mesma base desse xadrez. É uma forma moderna e divertida de usar a estampa.

Com todas essas dicas, agora você já é uma expert em xadrez vichy e descobriu que pode apostar na estampa sem medo. Mas antes de ir em busca da sua nova peça perfeita, aproveite para assinar nossa newsletter e se manter sempre bem informada sobre moda, com muitos conteúdos como esse. Assim, os artigos chegam diretamente no seu e-mail. Até mais!

imagem: Arpel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *